Coorlece - Cooperativa de Otorrinolaringologia do Estado do Ceará

Cooperativismo

O Cooperativismo é um movimento que busca constituir uma sociedade justa, livre e fraterna, em bases democráticas, através de empreendimentos que atendam às necessidades reais dos cooperados em seu campo de atuação profissional. É uma alternativa concreta para a conquista de mercados, valorização da categoria e oferta de melhores serviços à população. Além da área de saúde, o modelo de cooperativismo é utilizado para viabilizar negócios em vários campos de atuação como veremos a seguir.

Cooperativismo no Ceará

No Ceará, 64.528 associados estão ligados às 128 cooperativas registradas regularmente no Sistema OCB/SESCOOP-CE. São 5.672 empregos diretos gerados em diferentes ramos: Agropecuário, Consumo, Crédito, Educacional, Habitacional, Infraestrutura, Produção, Saúde, Trabalho e Transporte. Os dados são da Organização cearense, que representa as cooperativas do Estado, referentes ao ano de 2013.

O Sistema também atua no sentido de interligar cooperativas, buscando fortalecer o movimento por meio da articulação de diferentes instituições. É a chamada intercooperação, em que as organizações cooperativas trabalham em conjunto, em âmbito local, regional, nacional e internacional, com vistas a assegurar a realização dos objetivos traçados por seus membros.

Princípios básicos do Cooperativismo:

  1. Adesão voluntária e livre
  2. Gestão democrática
  3. Participação econômica dos membros
  4. Autonomia e independência
  5. Educação, formação e informação
  6. Intercooperação
  7. Interesse pela comunidade

Cooperativismo de Saúde

Cooperativas da área de saúde existem no país há cerca de 50 anos. Hoje, as cooperativas que se dedicam à preservação e à promoção da saúde humana formam um dos principais ramos do Cooperativismo brasileiro, atuando em quatro áreas: médica, odontológica, psicológica e de usuários.

As cooperativas de saúde constituem um dos ramos do cooperativismo que mais rapidamente cresceu, estando presente em todos os estados do país. De acordo com a OCB Nacional, são 846 cooperativas do ramo em todo o país, com mais de 271 mil associados e gerando 67 mil empregos diretos.

O Ceará conta com 30 cooperativas de saúde, que congregam 24.078 associados, gerando 3.271 empregos diretos. 

Em 2012, o Sistema OCB apoiou diversos projetos das cooperativas de saúde, com destaque para as convenções nacionais, encontros e intercâmbios internacionais. Existe, ainda, um projeto nacional de capacitação para o ramo saúde.

O Sistema também busca a formatação de um acordo de cooperação técnica com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), no sentido de melhorar o entendimento da agência quanto ao modelo cooperativista na área de Saúde.

Notícias

Quais os principais tratamentos da labirintite?

Uma coisa que muita gente não sabe é que a labirintite pode desaparecer sozinha. Em algumas semanas, ela some por completo. Contudo, quando necessário, o tratamento visa principalmente a redução dos sintomas. Se a causa for infecção bacteriana, o médico lhe receitará um antibiótico e os si

O que é labirintite?

A labirintite é um termo comumente usado para designar uma afecção que pode comprometer tanto o equilíbrio quanto a audição. A condição afeta o labirinto, estrutura da orelha interna constituída pela cóclea (responsável pela audição) e o vestíbulo (responsável pelo equilíbrio). O uso

Sinusite em crianças

  Caracterizada como a infecção causada por bactérias na região dos seios paranasais, ou seja, cavidades revestidas por mucosas localizadas dentro do crânio, próximos ao nariz. Pode aparecer em vários pontos da face da criança: na testa (frontal), nas maçãs do rosto (maxilar), entre os o
20 Anos Coorlece