Coorlece - Cooperativa de Otorrinolaringologia do Estado do Ceará

Notícias

Perda do Olfato

Para quem desconhece, a anosmia é a perda total do olfato. A maioria das pessoas com anosmia consegue reconhecer as substâncias salgadas, doces, ácidas e amargas, mas não pode dizer a diferença entre sabores específicos. A capacidade de dizer a diferença entre os sabores realmente só depende do olfato e não dos receptores gustativos da língua. Existe também a hiposmia, que é a perda parcial do olfato.

“A habilidade de sentir cheiros cai à medida que as pessoas envelhecem. A diminuição é ocasionada pela perda de receptores olfativos. Pessoas normalmente percebem mudanças do olfato por volta dos 60 anos. Depois dos 70 anos, as mudanças são substanciais”, destaca o médico otorrinolaringologista, integrante da Coorlece, Francisco Tiago Chagas. 

Mas o que resulta na perda do olfato? Separamos algumas causas:

Alterações nas fossas nasais

Ocorre nos casos de desvio de septo obstrutivo, aumento importante de tecido adenoideano, rinite alérgica, sinusites, pólipos nasais instrutivo,  inflamações do nariz. Podem ocorrer também em gripes e resfriados, com caráter transitório. 

Alteração no epitélio olfatório 

Inflamação do epitélio em decorrência do tabagismo, inalação de substâncias químicas, deficiência de vitamina B12 e zinco.

Alteração no nervo olfatório

O nervo olfatório envia os odores para o cérebro. Nesse sentido, pode ocorrer por tumores deste nervo, ou compressão deste por outras estruturas, como tumores em locais próximos, ou por degeneração do nervo.

Também podem aparecer alterações no cérebro, responsável por processar os odores. As mais comuns são as doenças de Parkinson e o Mal de Alzheimer.

Diabetes

Se a doença está fora de controle, ela pode danificar os nervos que transmitem informações olfativas ao cérebro.

Tratamento

Os otorrinolaringologistas são os médicos que tratam as causas da perda de olfato. Os tratamentos podem ser clínico ou cirúrgicos. Entretanto, o sentido do olfato nem sempre retorna (na anosmia), mesmo depois de um tratamento bem-sucedido da sinusite. 

Já os tumores podem ser removidos cirurgicamente ou tratados com radiação, mas tal tratamento normalmente não restaura o sentido do olfato. Pólipos no nariz são removidos, algumas vezes restaurando a habilidade de sentir odores. 

Leia mais conteúdo à sua saúde nasal em nosso blog! Aproveite


Notícias

Por que as mulheres sofrem mais com problemas no sono?

A insônia é um problema que atinge uma parcela significativa da população mundial. Em todas as partes do planeta, pessoas com dificuldade para dormir sofrem problemas cotidianos como o lapso de atenção e a falta de desempenho em atividades necessárias como o estudo e o trabalho. Mas você sab

Perda do Olfato

Para quem desconhece, a anosmia é a perda total do olfato. A maioria das pessoas com anosmia consegue reconhecer as substâncias salgadas, doces, ácidas e amargas, mas não pode dizer a diferença entre sabores específicos. A capacidade de dizer a diferença entre os sabores realmente só depende

Câncer de laringe

A laringe é a parte da garganta que contém as cordas vocais e participa da fala, mas tem outras importantes funções como a respiração e a proteção dos pulmões da aspiração de alimentos na deglutição. Ela é dividida em subglote, glote e supraglote. É na glote que estão as cordas vocai
20 Anos Coorlece