Coorlece - Cooperativa de Otorrinolaringologia do Estado do Ceará

Notícias

Atraso na fala: pais devem ficar em alerta

 O desenvolvimento da fala da criança, entre outros aspectos, é um processo que deve ser acompanhando pelos pais. Não podemos resumir o tema com o conceito “tem que estar falando aos X anos”.

É preciso deixar claro que a fala e a linguagem são duas coisas diferentes. Fala é o ato de se expressar através das palavras produzidas pela articulação dos lábios, da língua, e das demais estruturas da garganta, além do papel da vibração das cordas vocais.

Já a linguagem tem um conceito bem mais amplo e inclui todas as formas de se expressar e de captar as informações que façam sentido. Assim, para uma boa linguagem, além de falar adequadamente é importante ouvir bem, enxergar e ter a inteligência necessária para se comunicar e se exprimir, seja através da fala ou não.

Sinais de alerta

Alguns sinais de alerta precisam ser levados em consideração pelos pais, professores ou responsáveis com relação à fala. Por exemplo: crianças que não reagem aos sons ou que não balbuciam ou produzem sons com a voz (independentemente da idade); dificuldade de compreender frases ou solicitações verbais, não tentar imitar sons ou palavras, preferir gestos do que a voz para se comunicar (1 a 2 anos); não produzir palavras ou frases espontaneamente, repetir palavras sem um bom sentido para a comunicação (2 anos).

Causas possíveis do atraso no desenvolvimento da fala, quando não é apenas uma variação normal de criança para criança, estão associadas a alterações na língua, alterações neurológicas que afetam a cognição ou pouca estimulação das crianças pelos pais. Nesses casos, é importante procurar ajuda especializada junto a otorrinos, foniatras, pediatras, neurologistas pediátricos e fonoaudiólogos.

Dica para os pais

As crianças aprendem a falar ouvindo. Elas podem ter um atraso na fala mesmo havendo audição e cognição perfeitas, apenas por serem pouco estimuladas verbalmente pelos pais com historinhas, conversas e demais interações orais que devem fazer parte do dia a dia.

Gostou do post? Continue no site e leia as matérias já publicadas no portal!  Aproveite que está conectado e siga a Coorlece nas redes sociais!

Facebook: @coorlece

Instagram: @coorlece

Notícias

Inflamações na garganta e ouvido - cuidado! busque tratamento adequado

Garganta e ouvidos estão interconectados por pequenos canais. E ter uma infecção em uma dessas regiões não é nada agradável, especialmente por conta da dor e do incômodo presentes. Uma dor de garganta, por exemplo, pode ser responsável por uma possível infecção de ouvido. Basicamente, n

Labirintite ? dicas para lidar com o desconforto

  A labirintite é uma doença do ouvido que afeta o labirinto, estrutura responsável pelo equilíbrio. As pessoas costumam chamar qualquer distúrbio na região do ouvido interno de labirintite, porém o mais correto é empregar o termo vestibulopatia para os distúrbios do equilíbrio corporal

Atraso na fala: pais devem ficar em alerta

 O desenvolvimento da fala da criança, entre outros aspectos, é um processo que deve ser acompanhando pelos pais. Não podemos resumir o tema com o conceito “tem que estar falando aos X anos”. É preciso deixar claro que a fala e a linguagem são duas coisas diferentes. Fala é o ato de se e