Coorlece - Cooperativa de Otorrinolaringologia do Estado do Ceará

Notícias

Atraso na fala: pais devem ficar em alerta

 O desenvolvimento da fala da criança, entre outros aspectos, é um processo que deve ser acompanhando pelos pais. Não podemos resumir o tema com o conceito “tem que estar falando aos X anos”.

É preciso deixar claro que a fala e a linguagem são duas coisas diferentes. Fala é o ato de se expressar através das palavras produzidas pela articulação dos lábios, da língua, e das demais estruturas da garganta, além do papel da vibração das cordas vocais.

Já a linguagem tem um conceito bem mais amplo e inclui todas as formas de se expressar e de captar as informações que façam sentido. Assim, para uma boa linguagem, além de falar adequadamente é importante ouvir bem, enxergar e ter a inteligência necessária para se comunicar e se exprimir, seja através da fala ou não.

Sinais de alerta

Alguns sinais de alerta precisam ser levados em consideração pelos pais, professores ou responsáveis com relação à fala. Por exemplo: crianças que não reagem aos sons ou que não balbuciam ou produzem sons com a voz (independentemente da idade); dificuldade de compreender frases ou solicitações verbais, não tentar imitar sons ou palavras, preferir gestos do que a voz para se comunicar (1 a 2 anos); não produzir palavras ou frases espontaneamente, repetir palavras sem um bom sentido para a comunicação (2 anos).

Causas possíveis do atraso no desenvolvimento da fala, quando não é apenas uma variação normal de criança para criança, estão associadas a alterações na língua, alterações neurológicas que afetam a cognição ou pouca estimulação das crianças pelos pais. Nesses casos, é importante procurar ajuda especializada junto a otorrinos, foniatras, pediatras, neurologistas pediátricos e fonoaudiólogos.

Dica para os pais

As crianças aprendem a falar ouvindo. Elas podem ter um atraso na fala mesmo havendo audição e cognição perfeitas, apenas por serem pouco estimuladas verbalmente pelos pais com historinhas, conversas e demais interações orais que devem fazer parte do dia a dia.

Gostou do post? Continue no site e leia as matérias já publicadas no portal!  Aproveite que está conectado e siga a Coorlece nas redes sociais!

Facebook: @coorlece

Instagram: @coorlece

Notícias

Nariz entupido: saiba como resolver

Quem nunca passou por incômodos nasais que atrapalham respirar, comer, fazer as atividades do dia a dia e até mesmo falar? Um dos mais comuns é o nariz obstruído, que é muito comum em casos de gripe, resfriado, rinite e sinusite. Como desentupir o nariz pode parecer um mistério, mas há ótim

Misofonia: você sabe o que é?

A misofonia se trata de uma sensibilidade seletiva a sons, ou seja, não existe um problema auditivo em si. É na verdade uma percepção alterada que a pessoa desenvolve a respeito destes sons. Vamos a um exemplo mais prático: você conhece alguém ou é a pessoa que se irrita com determinados so

Álcool pode prejudicar a faringe/laringe?

  Beber uma cervejinha de vez em quando é bom. Mas o que não pode ocorrer é a pessoa abusar do álcool. Você sabia que a ingestão em demasia causa uma série de problemas no seu organismo?  Segundo pesquisas, o uso regular de álcool aumenta o risco de câncer na boca. Aproximadamente 50% d

Dr. FRANCISCO TIAGO BARROSO CHAGAS
CRM: 10119

20 Anos Coorlece