Otorrino Já

CHEGA de espera! Marque sua consulta de imediato em poucos cliques. Baixe o App e encontre o médico mais perto de você.

Otorrino Já - IOS Otorrino Já - Android
Coorlece - Cooperativa de Otorrinolaringologia do Estado do Ceará

Notícias

Otite externa: perigo para saúde de crianças e adultos no período de férias

Doenças que podem ser contraídas em locais de diversão, como praias e piscinas, tornam-se mais frequentes
Com o fim do ano chegando, também aproxima-se as férias. Aqui no Brasil, país de clima tropical e que muitas pessoas buscam cidades quentes para passar esse período, os parques, praias e espaços com piscinas são opções de lazer muito procuradas para quem busca se divertir e se refrescar ao mesmo tempo.
Contudo, existe um risco oculto nestes ambientes aquáticos: a otite externa. A doença se manifesta quando há contato constante com a água e o ouvido cria uma umidade propícia para a proliferação de bactérias e fungos. Dessa forma, ocorre uma inflamação no canal auditivo externo, ocasionando muita dor, e, em alguns casos, perda de audição.
Apesar do período das férias ser festivo e descontraído, é preciso manter a atenção quanto a saúde. Conforme o médico otorrinolaringologista e presidente da Coorlece, João Paulo Bastos, pessoas que praticam esportes aquáticos, como natação e surf, tem mais propensão a ter esse tipo de doença, também chamada de “ouvido de nadador”.
Outro fator que causa a otite externa é o uso inadequado de objetos para auxiliar na limpeza do canal auditivo, como cotonetes, grampos, arames, etc. Estas ações causam ferimentos e não permitem que o cerume cubra da maneira ideal todo o ouvido.
Prevenção
“Uma boa dica é se certificar se a água está própria para banho ao entrar em ambientes aquáticos, como rios, praias e piscinas. Se não for possível, uma opção é utilizar protetores apropriados para evitar a entrada de água na orelha externa ao nadar. Caso sinta necessidade de enxugar as orelhas, utilizar sempre uma toalha macia e não introduzir nada na orelha externa.”, alerta o otorrinolaringologista.
O tratamento da otite externa inclui o uso de analgésicos por via oral e de antibióticos ou antifúngicos em gotas. Quando a coceira ou a dor for persistente, é necessário procurar um otorrinolaringologista para instituir o tratamento adequado.
Aplicativo
A Cooperativa de Otorrinolaringologia do Estado do Ceará (Coorlece) disponibiliza o aplicativo “Otorrino Já”, uma maneira muito mais fácil e funcional de marcar uma consulta com otorrinolaringologistas. Você pode selecionar qual médico mais próximo de sua residência e marcar sua consulta imediatamente. O aplicativo está disponível para as plataformas iOS (https://goo.gl/qqadTy) e Android (https://goo.gl/SYoCbw)

InspiraComunicação e Marketing  Assessoria de imprensa da Coorlece Jornalistas: Ana Lídia Coutinho (85) 98855.9844 | analidia@agenciainspira.com  Mônika Vieira (85) 98779.2007 | monika@agenciainspira.com


Notícias

Cotonetes e limpeza dos ouvidos

  Quando pensamos em higiene do ouvido é inevitável não pensarmos nas hastes flexíveis, também chamadas de cotonetes, não é mesmo! Mas fiquem atentos! Eles podem ser utilizadas apenas para limpar e secar a parte externa da orelha e nunca devem ser introduzidas no canal auditivo. Além da po

Qualidade do sono e respiração

A apneia  afeta mais de 3 em cada 10 homens e quase 1 em cada 5 mulheres. Quem chega em casa e ao deitar consegue desligar a mente? Nem todo o mundo. O dia a dia costuma ser corrido para a maioria e por causa do estress e ansiedade que acompanham a rotina, é difícil mesmo  'apagar' e adormecer.

Otorrino Já

CHEGA de espera! Marque sua consulta de imediato em poucos cliques. Baixe o App e encontre o médico mais perto de você.

Otorrino Já - IOS Otorrino Já - Android