Coorlece - Cooperativa de Otorrinolaringologia do Estado do Ceará

Notícias

Ouvido Biônico como solução para a surdez severa

O implante coclear, popularmente conhecido como o “ouvido biônico”, ainda não chega ao conhecimento da maioria da população
A deficiência auditiva é uma adversidade pouco debatida. Assim, opções como o implante coclear, conhecido como o “ouvido biônico”, não chegam ao conhecimento da maioria da população. Segundo o IBGE, são realizadas cerca de 800 cirurgias anuais para o procedimento, mas a estimativa de pessoas com surdez severa no Brasil é de dois milhões.

O aparelho implantado passa a exercer o papel da cóclea, realizando por meio de eletrodos, que a cavidade defeituosa da orelha interna não é capaz de fazer. Dessa forma, o paciente ouve com o cérebro e não com o ouvido. Após a cirurgia, são necessários pelo menos 30 dias para ativar o implante, levando mais alguns meses até a adaptação do organismo do paciente à nova dinâmica.

Algumas versões do ouvido biônico permitem as mais variadas customizações. O usuário pode igualar os decibéis recebidos, evitando escutar sons muito altos, como buzinas e sirenes, e ainda conectar em computadores, TVs e celulares.

Recomendações

O ouvido biônico é recomendado para pessoas que não nasceram deficientes e tiveram a oportunidade de desenvolver a fala, ou para bebês que, apesar de virem ao mundo sem a audição, puderam realizar a cirurgia entre os primeiros seis meses de vida e os dois anos. Neste período, o cérebro apresenta boa plasticidade e as crianças têm um bom desenvolvimento; já a partir dos quatro anos, a eficiência do processo é pobre.

Limites

Apesar do Ministério da Saúde garantir o implante pelo Sistema Único de Saúde (SUS) nos dois ouvidos e a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) assegurar a cobertura da cirurgia por todos os planos de saúde, em caso de quebra ou perda do implante, os custos devem ser arcados pelo paciente. Um aparelho pode chegar a 30 mil reais.

Diferente das pessoas oralizadas, ou seja, com deficiência auditiva e capazes de se comunicar pela fala, os sinalizados não adquirem bons resultados com o implante coclear. Estes adultos que nasceram sem a audição e aprenderam a Língua dos Sinais conseguem captar sons por meio do aparelho, mas não assimilam bem a informação devido à perda de tal habilidade pelo cérebro.
Ficou interessado em saber mais? Entre em contato conosco através do formulário no nosso site ou marque já a sua consulta imediata em poucos cliques. Baixe o aplicativo OtorrinoJÁ e encontre o médico mais perto de você! iOS: https://goo.gl/qqadTy | Android: https://goo.gl/SYoCbw

Inspira! Comunicação e Marketing 

Assessoria de imprensa da Coorlece 

Jornalistas: Ana Lídia Coutinho (85) 98855.9844 | analidia@agenciainspira.com  

Mônika Vieira (85) 98779.2007 | monika@agenciainspira.com

Notícias

Quais os principais tratamentos da labirintite?

Uma coisa que muita gente não sabe é que a labirintite pode desaparecer sozinha. Em algumas semanas, ela some por completo. Contudo, quando necessário, o tratamento visa principalmente a redução dos sintomas. Se a causa for infecção bacteriana, o médico lhe receitará um antibiótico e os si

O que é labirintite?

A labirintite é um termo comumente usado para designar uma afecção que pode comprometer tanto o equilíbrio quanto a audição. A condição afeta o labirinto, estrutura da orelha interna constituída pela cóclea (responsável pela audição) e o vestíbulo (responsável pelo equilíbrio). O uso

Sinusite em crianças

  Caracterizada como a infecção causada por bactérias na região dos seios paranasais, ou seja, cavidades revestidas por mucosas localizadas dentro do crânio, próximos ao nariz. Pode aparecer em vários pontos da face da criança: na testa (frontal), nas maçãs do rosto (maxilar), entre os o
20 Anos Coorlece