Coorlece - Cooperativa de Otorrinolaringologia do Estado do Ceará

Notícias

Saiba como identificar a Otite média

Comum em crianças, a enfermidade é corriqueira e pode se agravar caso não ocorra o tratamento

Não deve ser uma novidade pra você a palavra Otite. É uma enfermidade bem comum e que atinge muitas pessoas, sobretudo as crianças. Todo tipo de inflamação no ouvido se denomina Otite e ela se divide em três: externa, média e interna.

A Otite média é a que vamos tratar neste post. Ela pode se desenvolver, na maioria das vezes, devido à presença de um vírus ou uma bactérias no ouvido interno através da tuba auditiva. É possível afirmar que a otite média é mais comum em crianças, apesar de acometer pessoas de qualquer idade. O quadro costuma ocorrer durante ou logo após gripes e resfriados. Se não for tratada, pode levar à perda total da audição.

Tipos de otite média

Dentro da otite média, também existem divisões por diferentes tipos de enfermidades, que variam de acordo com os sintomas e o tempo de duração. A Otite média aguda é a forma mais comum de manifestação, que acompanha dor de ouvido e a febre, causadas pela infecção aguda do ouvido médio.

A Otite média serosa, também chamada de otite média com efusão, é diagnosticada quando há presença de líquido no ouvido médio.

Por último, a Otite média crônica supurativa é caracterizada pela presença de secreção purulenta persistente ou recorrente, além disso, também ocorre uma perfuração da membrana timpânica.

Sintomas de otite média

Como primeiro sintoma, a dor intensa é a mais comum e mais recorrente. O ouvido infectado mostra-se doloroso e apresenta um tímpano avermelhado e saliente. Nas crianças, os principais sintomas são febre, dor de ouvido e perda auditiva temporária. Estes sintomas habitualmente surgem de forma súbita. Também pode ocorrer náusea, vômitos e diarreia. Também deve-se tomar atenção com a presença de secreção ou acúmulo de líquido.

Tratamento para otite média

O tratamento requer o uso de analgésicos, e, caso haja sinais de infecção bacteriana, geralmente havendo secreção, o médico pode recomendar o uso de antibióticos. Em dois ou três dias, a febre desaparece, mas a audição pode exigir mais tempo para voltar ao normal. O tratamento costuma ser feito de acordo com a causa, indicado pelo médico

Quando a perda auditiva não diminui com o avanço das medicações e do tratamento, o indicado é investigar se há sinais de secreção retida atrás da orelha média. Caso existam, ela deve ser retirada cirurgicamente através de uma pequena incisão no tímpano.

 

Quer saber mais? Encontre já o otorrino mais perto de você! A Coorlece disponibiliza o aplicativo “Otorrino Já”, uma maneira muito mais fácil e funcional de marcar uma consulta com otorrinolaringologistas. Você pode selecionar qual médico mais próximo de sua residência e marcar sua consulta imediatamente. O aplicativo está disponível para as plataformas iOS (https://goo.gl/qqadTy) e Android (https://goo.gl/SYoCbw)

Notícias

Por que as mulheres sofrem mais com problemas no sono?

A insônia é um problema que atinge uma parcela significativa da população mundial. Em todas as partes do planeta, pessoas com dificuldade para dormir sofrem problemas cotidianos como o lapso de atenção e a falta de desempenho em atividades necessárias como o estudo e o trabalho. Mas você sab

Perda do Olfato

Para quem desconhece, a anosmia é a perda total do olfato. A maioria das pessoas com anosmia consegue reconhecer as substâncias salgadas, doces, ácidas e amargas, mas não pode dizer a diferença entre sabores específicos. A capacidade de dizer a diferença entre os sabores realmente só depende

Câncer de laringe

A laringe é a parte da garganta que contém as cordas vocais e participa da fala, mas tem outras importantes funções como a respiração e a proteção dos pulmões da aspiração de alimentos na deglutição. Ela é dividida em subglote, glote e supraglote. É na glote que estão as cordas vocai
20 Anos Coorlece